sexta-feira, 11 de novembro de 2011

1951-1956 - F-47 Thunderbolt (Abatido ao Serviço)

Formação de caças P-47N Thunderbolt


 
P-47D-28-RE "D5", pilotado pelo então 2º Tenente José Rebelo Meira de Vasconcelos, do 1º Grupo de Caça da Força Aérea Brasileira, na Campanha da Itália durante a Segunda Guerra Mundial..

Republic P-47 Thunderbolt

(Redirecionado de F-47 Thunderbolt)


O Republic P-47 Thunderbolt, também conhecido como "Jug", foi o maior, mais caro e mais pesado caça na história da aviação a ser motorizado por um único motor de combustão interna.[1][2] Foi um dos principais caças da Força Aérea dos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial, sendo utilizado também por outras forças aliadas durante o conflito, incluindo a Força Expedicionária Brasileira.
O P-47 era eficiente em combates aéreos, mas provou-se especialmente hábil como caça-bombardeiro. Era equipado com oito metralhadoras calibre .50, quatro por asa. Carregado com carga total, seu peso podia chegar a oito toneladas. Uma contrapartida moderna que cumpre as mesmas funções, o A-10 Thunderbolt II tem seu nome inspirado no P-47.

Histórico operacional

Sua utilização principal nas primeiras versões até 1943 foi como caça de escolta dos bombardeiros aliados. No entanto como mesmo com tanque de combustível extra sua autonomia, com a Europa continental ainda ocupada pelos alemães, não permitia incursões mais profundas sobre território inimigo; sua capacidade de escolta era limitada. Tendo sido, como caça escolta, ele e outros modelos de caça aliados substituídos em 1944 pelo P-51 Mustang, que tinha autonomia para acompanhar os bombardeiros na ida e volta de seus objectivos.
Assim a partir de 1944, passou a caça-padrão de ataque ao solo, sendo assim utilizado por outras forças aéreas aliadas durante o restante da Segunda Guerra Mundial, como a força aérea vermelha da então União Soviética, a real britânica, em especial pelos indianos na frente birmanesa, pelo 1º Grupo de Caça da Força Aérea Brasileira na campanha da Itália e pelo Esquadrão 201 da Força Aérea Mexicana na campanha de retomada das Filipinas.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre

video

Sem comentários:

Enviar um comentário